1 ano

Hoje faz 1 ano que eu saí de casa, amanhã fará 1 ano que fiz de Ibiza minha nova casa.

20150209_113140

Me despedindo dos meus amores

Eu poderia dizer o clichê “Nossa! Passou tão rápido!”, mas na verdade eu sinto que o tempo passou normalmente, como deveria passar.

Lembrando de cada momento desde a minha despedida em casa até agora, eu consigo reviver todas as emoções, todas encaixadas em seus devidos lugares no tempo. Lembro de cada mês e penso em todos os acontecimentos, descobertas.

Quando eu cheguei era inverno, penso em como estava frio, MUITO mais frio que agora, e não sei se é porque realmente o inverno foi mais gelado ou sou eu que estou mais acostumada (na verdade acho que é a primeira opção mesmo, esse inverno não tá com nada rs). Fiquei doente várias vezes e foi bem cocozento.

Penso na mudança de estação pra primavera, o clima ficando mais agradável. Depois o verão que aproveitei com todas as minhas forças!
O outono que trouxe de volta a calmaria da cidade, e agora, novamente o inverno, pra marcar o aniversário da minha mudança.

Talvez eu consiga “sentir” melhor as passagens de tempo pelo fato de as quatro estações do ano aqui serem bem definidas. No Brasil é sempre verão né, então eu geralmente me baseava na cor/tamanho que o meu cabelo estava na época pra lembrar das datas rs.

1 ano depois e só agora eu to conhecendo pessoas e me “integrando” na sociedade. Dá pra dizer que eu só mudei de casa mesmo, porque fora sair pra comer de vez em quando, ir ao mercado e fazer VÁRIAS visitas à órgãos públicos, ainda não sei o que é ter uma “vida espanhola” haha. Mas é normal que uma adaptação completa demore. Eu acho.

Quando eu comecei a ler blogs de brasileiros(as) que moram fora do Brasil, diversas vezes me deparei com os momentos chá de realidade. As pessoas costumam dizer que quem mora no Brasil se encanta demais pensando na vida fora do país, acha que é tudo mil maravilhas. Não digo que eu achava isso, eu tinha uma boa ideia de como eram as coisas, sei que cada lugar tem seus podres e não existe nada de paraíso só porque é ~Europa~. A vida continua igual. Mas depois de 1 ano aqui, entendo bem melhor o que essas pessoas queriam dizer.

Só porque você mora em outro país, não significa que sua vida toda vai mudar e vai ser maravilhoso e você vai viver conto de fadas, vida de filme…… Você continua tendo que limpar sua casa, fazer comida, ir ao mercado, sair pra trabalhar, esperar em fila, reclamar da internet…

Quem mora com um parceiro ou parceira estrangeiro, definitivamente sente mais mudanças. Mas aqui em casa falamos português, temos costumes (quase sempre) brasileiros e comemos arroz com feijão. Ou seja, de vez em quando você se pega pensando “Por que eu deixei minha família, amigos e comida deliciosa pra trás pra morar do outro lado do mundo e fazer tudo igual?”. Bem, porque não é tudo igual. Simples assim! Podemos até fazer coisas do mesmo jeito, mas só de estar aqui, vivendo, sonhando, já faz toda a diferença.

Há coisas que são impossíveis de substituir, por exemplo a segurança que temos aqui. É incrível poder sair pra rua a hora que eu quiser e não me preocupar. Eu nunca descuido dos meus pertences e checo minha bolsa de 5 em 5 minutos (como toda boa paulistana), mas sei que as probabilidades de alguém me abordar com uma arma e levar tudo que eu tenho inclusive minha vida são ridiculamente baixas.

Porém, isso não me alivia da preocupação que eu tenho com meus entes queridos que estão no Brasil e ainda precisam conviver com essa realidade todos os dias. Eu já era paranoica e preocupada lá, e isso não mudou, mas agora eu to longe, o que piora um pouquinho.

Pra viver essa vida dupla, de distâncias e saudades, é preciso sempre fazer um balanço de prós e contras. Um exercício diário de “vale mesmo a pena?”, só assim pra continuar firme e forte na sua decisão de deixar o conforto do seu mundinho pra desbravar o mundão.

Falando assim pode parecer que eu me arrependi, mas pelo contrário, eu to muito feliz de ter feito a loucura que eu fiz. Claro que tive momentos de me encolher na cama e chorar, de ficar cheia de dúvidas. Mas sempre ergui a cabeça e continuei em frente. Essas passagens foram ficando cada vez menos presentes, e agora são só um pontinho cinza na memória.

Esse ano novo já começou cheio de surpresas e alegrias.  Nossa, 2016 começou faz 2 meses mas pra mim já parece que passou 6! Hahaha. Muitas emoções. Dizem que felicidade não compartilhada dura mais, mas ó, preciso dizer, tá tudo lindo no momento! Ou melhor, como já disse nosso maravilhoso pensador contemporâneo brasileiro:

“Tá tranquilo, tá favorável.”
– MC Bin Laden (2015)

Anúncios

5 comentários sobre “1 ano

  1. Um Ano de Saudades!!
    o que consola e saber que você esta Feliz,nesse texto voce deixa muito claro os seus sentimentos,receios,dúvidas e sonhos,mesmo assim continua com valentia a trajetória que você escolheu percorrer,e sei que no final tudo esta dando certo,nao sem luta,nao sem o choro saudoso dos que.ficaram aqui,mais tendo a certeza.de que se um dia quiser retornar,estaremos todos aqui com o mesmo Amor,e os braços abertos pra te acolher e te aconchegar,encher de beijos e carinho essa pessoinha muito Amada por nos…te AMO MEU SOL!!!
    bjinhosss e meu eterno carinho…

    Curtir

  2. Adorei esse post! Sabe o que é mais louco? Que uma parte de você vai se adaptar tanto e quando você parar e olhar já vão ter passado anos, mas que uma outra parte, às vezes, no meio do nada, vai virar e falar: “gente, mas to morando em outro país! De onde foi que tirei essa ideia?” hahahah! Você pode me passar seu email? Queria te perguntar uma coisa: estoesmadridmadrid@gmail.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s